Scott Dixon vence em Sonoma, Power e Castroneves se deram mal

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Olá amigos da velocidade, olá amigos da Fórmula Indy.

O blog volta na reta final do campeonato, mas fazer o quê né? rsss #tamojunto acompanhar o final da temporada 2014 pra já começar 2015 com tudo.



O neozelandês Scott Dixon  (Ganassi) exibiu a sua grande habilidade em poupar combustível, como já havia feito na vitória em Mid Ohio há 2 etapas (onde simplesmente mitou ao largar em último e vencer a corrida em um misto) e faturou a penúltima etapa da temporada.

Mais uma vez, Will Power (Penske) provou que não sabe correr sobre pressão quanto o título está em jogo e rodou sozinho ao errar o traçado no hairpin de Sonoma. Terminou em 10º lugar, o que foi lucro já que contou com a sorte pois Hélio Castroneves (Penske) também se deu mal na corrida, ao ser envolvido no acidente logo após a largada e ter parado no box para trocar o bico, o que praticamente acabou com sua corrida. O brasileiro terminou apenas na 18ª posição.

Vamos aos destaques da corrida, com o tradicional "Fast Six".

Destaques positivos:

1- Postulantes ao título ainda se esforçaram na etapa: 
Tanto Ryan Hunter Reay (Andretti) como Simon Paganeaud (Schimidt- Peterson) tiveram grandes momentos na corrida. A situação do piloto da Andretti era mais complicada, pois precisa de uma grande combinação de resultados para ainda sonhar com o título, mesmo com a última etapa em Fontana valer pontos dobrados. Foi combativo a corrida toda e soube equilibrar estratégia de pit e pressão na corrida. O segundo lugar foi um prêmio por sua competência. Já para o francês, a corrida foi de recuperação. Os acidentes prejudicaram sua corrida e ele teve que trabalhar muito para terminar na frente, mesmo com a patacoada história que sua equipe fez ao chamar ele para os pits, sendo que estava fechado !!! Sorte que o piloto tem muita habilidade e conseguiu desviar em cima da hora da entrada dos pits e retornar para a pista (mas a Penske tb fez o mesmo com Montoya). O terceiro lugar também foi merecido para ele.

2- Mike Conway e Graham Rahal, faltou a amarela no final da corrida.
Ambos fizeram o máximo para terminar a corrida sem um pit stop no final. Se deram bem com as poucas amarelas da corrida, sendo que Rahal (Rahal Letterman) liderou boa parte da segunda metade da corrida, depois que Conway (Ed Carpenter Racing) liderou após dar um passão muito bonito em Tony Kanaan (Ganassi) em uma relargada. Pena que amarela não veio e ambos tiveram que parar para splash and go.

3- Juan Pablo Montoya
Sim, após o início do ano ruim onde ele estava claramente se readptando ao monoposto, "Mc"Montoya vem fazendo boas corridas. Ontem ele passou por praticamente todos os postos do grid, vindo de trás e com um desempenho consistente, no final da corrida estava no top 5. 5º lugar para o colombiano na prova, está de bom tamanho.

Destaques negativos:

1- Tony Kanaan
Sei que o bom baiano está em seu primeiro ano na Ganassi, mas é difícil entender como esse carro, que era pilotado por Dario Franchitti, com a bela estrutura que a equipe tem, não anda. TK pode ter mudado de motor (era Chevrolet ano passado e agora está de Honda) mas tem tido desempenhos muito abaixo de seu companheiro (Dixon), mesmo que tenha melhorado muito desde o início do ano. Ontem esteve muito longe de poder disputar as posições da frente e, pra piorar, tendo que fazer o spash no final, não conseguiu nada melhor que o 13º lugar.

2- Will Power
Ele conta muito com a sorte, ontem errou bisonhamento ao re-acelerar depois do hairpin numa área não emborrachada. Teve sorte que ninguém o acertou e também não deixou o carro morrer, um abandono nessa prova poderia custar novamente o título. Ele fazia uma boa prova largando na pole, mas o erro poderia ter custado muito mais caro para ele. Sorte que ele tem mais sorte que....

3- Helio Castroneves
É impossível ver o brasileiro, numa situação de disputa de título mesmo que com seu companheiro, ter tanto azar. Em Milwaukee, o brasileiro não teve um carro decente para disputar as primeiras posições. Ontem em Sonoma havia marcado o terceiro ou quarto tempo, mas o acidente logo após a largada o jogou para o final do grid, numa pista que mesmo tendo um melhor carro é difícil passar. Agora está a 51 pontos de Power para a última prova da temporada em Fontana, é um oval mas Power mostrou que melhorou muito neste tipo de circuito onde só ia mal. Ficou bem complicado para o brasileiro.

Resultado Final



fonte das imagens: Grande Prêmio e Velocidade.org

Comments

No response to “Scott Dixon vence em Sonoma, Power e Castroneves se deram mal”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

Postar um comentário

Gostou do Blog da Fórmula Indy?
Deixe seu comentário e ajude a incentivar a Autosfera Brasileira!
I am Indy!