Indy 2009: altos e baixos da Temporada - Parte 1

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Olá amigos da velocidade, olá amigos da Fórmula Indy.

A temporada 2009 na Indy já está entrando na reta final. Já foram realizadas 13 das 17 etapas de 2009, em um campeonato que tem que acabar cedo, em Outubro, para não perder audiência com as finais dos campeonatos de Futebol Americano, Baseball e a NBA lá nos States... (eh a vida neh... fazer o quê).

Falando um pouco dos números da temporada, citar que o domínio de Ganassi e Penske é desnecessário. Desde o título de Dario Franchitti em 2007 pela Andretti Green, nenhuma outra equipe consegue andar no mesmo nível destas 2 (até mesmo em 2007, na minha opinião o título de Franchitti foi mais pela soma de momentos de sorte do que insucessos de seus adversários).

A Ganassi venceu 7 corridas (Dixon = Kansas, Milwaukee, Richmond e Mid-Ohio / Franchitti = Long Beach, Iowa e Torono). A Penske venceu 5 corridas (Briscoe = St. Petersburg e Kentucky) / Hélio Castroneves = Indianápolis e Texas / Will Power = Edmonton). A única exceção foi a vitória de Justin Wilson em Watkins Glen, pela equipe Dale Coyne (observação importante: foi a 1ª vitória da equipe, depois de 25 anos de corridas, mais que merecidos parabéns para o Dale Coyne, que inclusive falei brevemente sobre a história da equipe neste post).

Briscoe venceu a 1ª etapa, em St Petersburg

Nem mesmo a Andretti Green venceu uma corrida até agora. Nesta mesma época no ano passado, Tony Kanaan tinha vencido em Richmond. Mas a Andretti Green está mal há pelo menos 2 anos, coincidentemente depois q Franchitti saiu da equipe e foi para a Nascar e formou-se a equipe com o "professor Kanaan" e seus 3 alunos. O melhor deles (ou "a" melhor né) é a Danica Patrick, que mesmo envolta pelo Marketing está pilotando bem. Hideki Mutoh tem feito o que se pode esperar dele, corridas medíocres mas ao menos não prejudicando ninguém, diferentemente do filho do dono da equipe, Marco Andretti (e ainda colocam ele como piloto da USF1 tsc..tsc...tsc....). Com este quadro, a AGR só poderia estar na situação em que se encontra.

Dixon leva um banho de champanhe depois de vencer a etapa de Mid Ohio.

Voltando aos números, após a 13ª etapa que foi vencida por Dixon, este voltou a liderança do campeonato. Com 460 pontos ele passou Briscoe que tem 457 pontos. Franchitti é o terceiro com 440 e Hélio o quarto com 359 seguido da Danica em quinto com 321 pontos e Marco Andretti em sexto com 307 pontos. Não me perguntem como o Marco está nessa sexta posição, com seu desempenho pífio em 2009. Também é um pouco inesperado a Danica em quinto, talvez pq a vem a lembrança de ela não ter ido bem nas últimas corridas mas no início do ano ela esteve atrás apenas dos carros da Ganassi e Penske.

O interessante é que entre as equipes há a disparidade claríssima, algo como na F1 nos tempos de Ferrari x Mclaren. Mas diferentemente desta categoria, a disputa em seus 4 pilotos (seriam 5 se Power tivesse carro para toda a temporada) há um equilíbrio enorme entre eles. Não a toa Dixon, Franchitti, Hélio e Briscoe se revezam nas vitórias na temporada, o que tem dado uma boa dose de novidade a cada resultado final de corrida. "Quem será o líder após a próxima etapa?" A gente pode-se dar ao luxo de fazer essa pergunta com o desenrolar da temporada.

Mas nem tudo são flores, e amanhã no próximo post eu falarei os problemas da atual temporada. Até mais!.

Comments

2 Responses to “Indy 2009: altos e baixos da Temporada - Parte 1”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

Loucos por F-1 disse...

Grande Paulo Maeda!!! Você voltou rapaz, que bom!! Ficou muito feliz pelo seu retorno ao BFI, estava fazendo falta.

Só um detalhe, cadê o Loucos por F-1 em sua Lista de Blogs? rsrsrs

Abraço!

Leandro Montianele

13 de agosto de 2009 19:07
Daniel Ramos de Oliveira disse...

Pra mim a Andretti Green Racing,quando o Dario Franchitti saiu,se perdeu no caminho.O "Escocês Voador" ajudava muito no desenvolvimento do carro,e ainda dava algumas lições pra a Danica Patrick(que aprendia tudo certinho) e pro o Marco Andretti(que até hoje não aprendeu nada).Acredito que ela deveria contratar algum piloto como o Ed.Capertener,Mario Moraes,Justin Wilson,Ray Hunter-Ray.Pra tirar o Hideki Mutoh e o Marco Andretti(tomara que esse vá pra USF1,pra agente não ter de ver mais ele na Indy)...E já tirar esse "Quinto Elemento",que já espero que não vai mostrar resultado nem um.

16 de agosto de 2009 12:10

Postar um comentário

Gostou do Blog da Fórmula Indy?
Deixe seu comentário e ajude a incentivar a Autosfera Brasileira!
I am Indy!