Nossos Pilotos Falam: Borbardier Layerjet 550: Texas Motor Speedway

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Hélio Castroneves (Penske) - Vencedor
"Na primeira vez em que eu entrei no carro em Long Beach, eu perguntei se isso era um sonho e [o chefe de estratégias da equipe] Tim Cindric disse que era realidade. Certamente parece um sonho, mas eu entendo que não é. E isso é uma boa notícia. A equipe Penske fez um trabalho incrível hoje.
[sobre o desempenho de seu companheiro, Ryan Briscoe].Todo o crédito vai também para Ryan Briscoe e sua equipe", disse."Eles nos empurraram, nós os empurramos e, juntos, estamos caminhando para o topo. Fazer a dobradinha no Texas não é fácil, então isso é um elogio a todos".

Tony Kanaan (Andretti-Green) - 8º colocado
"É lógico que um oitavo lugar não é bom, mas não tínhamos carro nem para isso e, olhando por esse lado, foi até positivo principalmente porque voltamos a terminar uma corrida. Foi o fim de semana mais difícil das últimas três semanas para a equipe. Gostaria que pudéssemos ter alcançado um resultado melhor nesta noite, mas pelo menos terminamos a prova sem problemas. Pelo que tínhamos, com o carro que descartamos em Indianápolis que era muito devagar, a gente fez o melhor. Meus mecânicos realizaram um ótimo trabalho ao me devolver na volta do líder no penúltimo pit-stop, então, fizemos o que tinha de ser feito e isso fez alguma diferença".

Mário Moraes (KV Racing) - 10º colocado
"Acho que foi um bom resultado principalmente porque o nosso carro perdeu muito depois da metade da corrida e fomos caindo. Mas em nosso último jogo de pneus o carro voltou a ser rápido e conseguimos terminar entre os dez. enho que agradecer a toda a minha equipe porque eles fizeram um grande trabalho. Conseguimos um top-10 de novo e somamos vários pontos valiosos para crescermos no campeonato”.

Hélio teve o melhor carro da pista, juntamente com Briscoe. As Penske dominaram completamente a corrida, mas não tira o brilho da vitória de Hélio, que fez grandes ultrapassagens e contou com um ótimo trabalho nos pits stops de sua equipe. Tony realmente não teria melhor sorte com o carro que apresentou o "defeito misterioso" em Indy-500, então o 8º lugar já é um grande lucro para o piloto. O destaque foi sua largada quando ganhou umas 3 posições na primeira volta, mesmo com este carro ruim. Moraes fez uma prova de altos e baixos, mas sempre se manteve dentro do Top 10. Ele, Raphael Matos, Danica Patrick, Marco Andretti e Tony Kanaan fizeram uma boa disputa na faixa entre o 5º e o 10º colocado e o seu resultado foi muito bom.

Comments

No response to “Nossos Pilotos Falam: Borbardier Layerjet 550: Texas Motor Speedway”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

Postar um comentário

Gostou do Blog da Fórmula Indy?
Deixe seu comentário e ajude a incentivar a Autosfera Brasileira!
I am Indy!