Hélio Castroneves vence no Texas, Ryan Briscoe permanece na liderança

domingo, 7 de junho de 2009

Ontem, no oval do Texas, tivemos uma prova sem muitas emoções. A disputa pela vitória se reservou aos 2 carros da Penske e os 2 da Ganassi. Briscoe, Helio, Dixon e Franchitti centralizaram a disputa pela liderança da corrida.

Briscoe liderou a maior parte da prova, recebendo pressão de Scott Dixon, enquanto Hélio e Franchitti disputavam a terceira posição. Briscoe tinha um carro tão bom que, com 1/3 da prova já tinha aplicado uma volta no 10º colocado da corrida. Nesse momento, Tony Kanaan vinha tendo problemas em seu carro e acabou ficando uma volta atrás.

Da 4ª posição para frente, a disputa foi intensa. Danica Patrick, Dan Wheldon, Marco Andretti (que chegou até a ser segundo colocado após a penúltima rodada de pits), Mario Moraes, Raphael Mattos e Tony Kanaan estiveram neste bolo, até o 10º colocado.

A corrida teve apenas 3 bandeiras amarelas. A primeira logo na primeira volta em um acidente que envolveu Graham Rahal, Milka Duno e Ernesto Viso. Após ela, só teríamos bandeira amarela novamente, na segunda metade da prova, por detritos na pista, o que ajudou a alivar o ritmo frenético que Briscoe empregava na corrida. Depois, no quarto final da prova, a terceira e última amarela foi quando AJ Foyt IV bateu forte na reta oposta.

Foi esta amarela que mudaria o rumo da corrida. Hélio assumiu a ponta após todos irem fazer pit stops, saindo com boa vantagem para Briscoe. Dixon e Franchitti ficariam sem chances de brigar pela vitória, pois os carros da Penske estavam muito bem acertados e se manteriam nas posições até a bandeira quadriculada.

Hélio venceu a sua segunda corrida na temporada e foi sua terceira vitória no Texas. Briscoe terminou em segundo, Dixon em terceiro, Marco Andretti em quarto e Franchitti foi o quinto. Danica Patrick terminou na sexta posição, tendo feito uma bela ultrapassagem sobre Dan Wheldon na parte final da corrida.

Aliás, o piloto inglês merece elogios, pois está dando um rendimento ao carro da Panther que Vítor Meira não conseguiu nos anos em que esteve lá. Talvez por Wheldon já ter sido campeão da Indy (2005 pela Andretti Green) e ter pilotado pela Ganassi, o tenha tornado um bom acertador de carros, coisa que o blogueiro aqui antes não achava. Parabéns Wheldon!

Entre os demais brasileiros, Tony terminou em 8º, aparentemente o melhor que conseguiria com seu carro (ele estava usando o chassis que tinha o "defeito misterioso" lá em Indy-500, pois não tinha outro a disposição após os acidentes na própria Indy-500 e na prova anterior, em Milwaukee), Mário Moraes terminou na 10ª posição e Raphael Matos na 12ª posição.

Briscoe permanece na liderança com 199 pontos, seguido de perto pro Dixon com 196, Franchitti é o terceiro com 188, Hélio subiu para quarto com 186 pontos. Danica Patrick é a quinta colocada com 167 e Dan Wheldon o sexto com 152.

Tony é o 7º com 147 pontos, Raphael é o 13º com 106 e Moraes o 17º com 95 pontos.

A próxima corrida será no dia 21/06 no GP de Iowa. Até mais.

GP do Texas - Final:

1º. Helio Castro Neves (BRA/Penske), 228 voltas em 1h55min16s1670
2º. Ryan Briscoe (AUS/Penske), a 0s3904
3º. Scott Dixon (NZL/Ganassi), a 2s2461
4º. Marco Andretti (EUA/Andretti-Green), a 4s3745
5º. Dario Franchitti (ESC/Ganassi), a 4s7965
6º. Danica Patrick (EUA/Andretti-Green), a 5s2980
7º. Dan Wheldon (ING/Panther), a 7s6203
8º. Tony Kanaan (BRA/Andretti-Green), a 8s5009
9º. Ed Carpenter (EUA/Vision), a 18s7088
10º. Mario Moraes (BRA/KV), a 1 volta
11º. Robert Doornbos (HOL/Newman-Haas-Lanigan), a 1 volta
12º. Raphael Matos (BRA/Luczo Dragon), a 2 voltas
13º. Tomas Scheckter (AFS/Dreyer & Reinbold), a 2 voltas
14º. Alex Tagliani (CAN/Conquest), a 3 voltas
15º. Justin Wilson (ING/Dale Coyne), a 3 voltas
16º. Ryan Hunter-Reay (EUA/Vision), a 3 voltas
17º. Sarah Fisher (EUA/Sarah Fisher), a 6 voltas
18º. Jaques Lazier (EUA/3G), a 18 voltas
19º. Mike Conway (ING/Dreyer & Reinbold), a 43 voltas

Não completaram:

A.J. Foyt (EUA/Foyt), 170 voltas
Hideki Mutoh (JAP/Andretti-Green), 153 voltas
Graham Rahal (EUA/Newman-Haas-Lanigan), 1 volta
Milka Duno (VEN/HVM), 1 volta
E.J. Viso (VEN/HVM), 1 volta

Comments

2 Responses to “Hélio Castroneves vence no Texas, Ryan Briscoe permanece na liderança”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

Felipão disse...

Eu tava assistindo, mas acabei dormindo pouco antes do final... De qualquer forma, resultado importante pro Hélio...

7 de junho de 2009 20:30
Felipe Maciel disse...

Foi uma aula do Helio no final, não deixou o Briscoe colar pra tentar passar durante voltas. Vitória merecida pra quem vive uma grande fase.

8 de junho de 2009 00:15

Postar um comentário

Gostou do Blog da Fórmula Indy?
Deixe seu comentário e ajude a incentivar a Autosfera Brasileira!
I am Indy!