Notícia de última hora: Hélio foi considerado inocente!

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Olá amigos da velocidade, olá amigos da Fórmula Indy.

Acabo de chegar em casa e ver que Hélio foi considerado inocente de todas as acusações e que já está indo para Long Beach e correr com o carro nº 3 da Penske, que já tinha um plano todo armado se ele fosse inocentado.

Will Power correrá num terceiro carro da equipe, de número 12 e com patrocínio da Verizon Wireless. E, provavelmente, será repassado para ser companheiro de Raphael Matos na Luczo Dragon.


o "tal" do caminhão com o carro #12, estacionado em Long Beach

Hélio, sua irmã Katiúcia e o advogado Allan Miller foram considerados inocentes de todas as acusações. Hélio falou, em português mesmo, aos repórteres na saída do Tribunal: "Quero agradecer Deus, meus fãs e todas as pessoas que rezaram por mim. Ao invés de ir para a Disneylândia, quero ir para Long Beach. Estou de volta para as corridas"

A direção da IRL também comemorou a decisão, divulgando suas palavras em uma nota à imprensa: "Não poderíamos ter ficado mais felizes pela Penske, por Helio Castro Neves e sua família, e estamos ansiosos para vê-lo de volta no grid em Long Beach. Helio fez parte integral do crescimento da F-Indy dentro e fora da pista, e tem uma incrível legião de fãs. Ele é uma estrela verdadeira, no sentido literal da palavra, e sua personalidade, popularidade e sucesso serão bem recebidas de volta.", afirmaram na nota o presidente da Indy, Brian Barnhard, e Terry Angstadt, presidente da divisão comercial da categoria.

Até mais.

Comments

7 Responses to “Notícia de última hora: Hélio foi considerado inocente!”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

Felipão disse...

Confesso que essa me surpreendeu. Que ele consiga retomar a carreira com a grande forma que sempre exibiu...

17 de abril de 2009 19:50

Terminou em pizza,hein? Isso me lembrou o julgamento do Michael Jackson, onde todo mundo falou que ele seria condenado, mas ele foi absolvido. Bem que ele volte com tudo agora, pois parece que a Penske acertou a mão do carro.

17 de abril de 2009 20:02
Felipe Maciel disse...

Cara, que grata surpresa...
Achei que ele não escaparia de forma alguma, fiquei mesmo muito surpreso.

Que bom que deu tudo certo. Agora é curtir o alívio e fazer o que mais gosta, que é correr.

17 de abril de 2009 20:42
Fábio Andrade disse...

O que mais chama a minha atenção é a F-Indy se pronunciar formalmente sobre um caso desses. É algo impensável do outro lado da Europa, onde os dirigentes da F-1 jamais se fariam ouvir de forma oficial.

Bom pra ele, enfim. Mas pelo que a blogaiada me dizia, era condenação certa. Uma senhora surpresa!

17 de abril de 2009 21:19

Discordo, não terminou em Pizza, não havia provas suficientes, porque condenar, só porque acusaram...
Vai lá Hélinho, arrebenta Domingo...

18 de abril de 2009 01:30
Ron Groo disse...

Também fiquei surpreso.
Duvido que ele seja totalmente inocente. E não sei porque as autoridades agiriam desta forma.
Mas que sirva de lição. E aprenda que as leis não são iguais no mundo todo. São frouxas só aqui no Brasil.

18 de abril de 2009 11:30
Loucos por F-1 disse...

Se não tiveram provas suficientes para condenar o Helinho, melhor ter inocentado mesmo. Foi muito bom para o automobilismo brasileiro o caso ter terminado bem.

Abraço!

Leandro Montianele

18 de abril de 2009 13:21

Postar um comentário

Gostou do Blog da Fórmula Indy?
Deixe seu comentário e ajude a incentivar a Autosfera Brasileira!
I am Indy!