Dário Franchitti domina e vence o GP de Long Beach

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Olá amigos da velocidade, olá amigos da Fórmula Indy.

O "Escocês Voador" andou muito pelas belas ruas de Long Beach e faturou a prova de ontem andando a maior parte do tempo na liderança e sem ser ameaçado por nenhum outro piloto, que disputavam apenas a segunda posição.

Em uma corrida consistente mesmo com uma largada ruim e com um primeiro pit num momento não muito bom, Dario Franchitti (Ganassi) deu azar de logo após sair do pit ocorrer uma Bandeira Amarela. Ele soube administrar a estratégia dos pits e voltar a liderança logo na YF seguinte.



Na largada, Will Power assumiu a liderança com os surpreendentes Justin Wilson (Dale Coyne) e Raphael Matos (Luczo Dragon)em seguida, após fazerem grandes largadas. As posições de largada não se alteram até a primeira bandeira amarela, causada por um toque de Scott Dixon (Ganassi) e EJ Viso (HVM), este que abandonou com a suspensão dianteira esquerda avariada.


Nisso, Dario já havia parado e ficou em posição intermediária. Quando seria dada a Bandeira Verde, Ed Carpenter (Vision) bateu. Nova bandeira amarela, e agora sim a maioria dos pilotos fizeram pit stop. Menos Tony Kanaan (Andretti Green), Ryan Briscoe (Penske), Ryan Hunter Reay (Vision), Danica Patrick e Marco Andretti (Andretti Green) que assumiram as primeiras posições. Bandeira verde e algumas voltas depois eles fizeram seus pits.

Depois de algumas voltas, um "engavetamento" entre Dan Wheldon (Panther), Mario Moraes (KV) , Darren Manning (Dreyer e Reinbold) , Hideki Multoh (Andretti Green)e Justin Wilson fechou a pista pouco antes da reta dos boxes. Bandeira amarela e, após os pits, Marco Andretti (AGR) saiu em primeiro seguido de Franchitti, Carpenter, Danica Patrick e Will Power.

Em seguida, Andretti e Carpenter foram para os pits e Franchitti e Danica eram os novos líderes. Impressionou o bom ritmo de Danica que, se não estava próximo de Franchitti, também não ficava tão longe dele.

Mais uma Bandeira Amarela, dessa vez pela batida do carro amarelo-limão de Carpenter. Danica e Power entram juntos nos pits e na saída disputam roda a roda a segunda posição, a "Mulher-Maravilha" levou a melhor. Logo após, Graham Rahal (Newman-Hass), em corrida apagadíssima, quase saiu do pit com a mangueira de combustível. Nada de grave aconteceu com o mecânico e o piloto continuou na corrida.

Hélio Castroneves (Pesnke) chegou a liderar, mas após seu pit, Franchitti retornava a liderança, seguido de Power e Kanaan, em supreeendente prova de recuperação juntamente com Danica, a quarta colocada e Marco em quinto.

Depois a última bandeira amarela da corrida, provocada por Mário Moraes que entrou embaixo da proteção de pneus na penúltima curva do circuito. Ed Carpenter, de novo, escapa e quase bate no carro de Moraes. Nesta bandeira amarela, Ryan Briscoe atinge o carro de Scott Dixon que roda e fica parado na reta dos boxes. Briscoe tem o bico avariado e vai para o box e ambos caem para as últimas posições da corrida.

Na bandeira verde, 6 voltas até o fim da corrida e Franchitti assegurou a vitória, com Will Power em segundo, Kanaan em terceiro, Danica Patrick em quarto e Dan Wheldon em quinto.

Em breve, atualizo a classificação do campeonato ali no menu do lado direito. Até mais!



Edit: Classificação da Indy e Indy Lights atualizadas no Menu do lado Direito.



Comments

3 Responses to “Dário Franchitti domina e vence o GP de Long Beach”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

Diego Maulana disse...

A corrida de Long Beach, pelo menos teve cara de corrida, diferente de St, Petersburg. A Ganassi foi bem na estratégia e o Franchitti levou. Destaque para a AGR, que na base da estratégia também, foi muito bem e para o Hélinho, que em sua volta mostrou que está em alto nível.

20 de abril de 2009 15:33
Felipão disse...

A Danica mandou muito bem nessa corrida, assim como o Helio. Gostei muito da corrida, por esperar uma coisa mais sonolenta, pelas caracteristicas de LB...

20 de abril de 2009 19:20
Leandrus disse...

Tentei ver a corrida, mas estava achando o VT da Band porco demais e nem consegui prestar atenção direito.

Parece que Raphael Matos dá esperanças de vingar na categoria, parece ter feito boa corrida. E pelo jeito, o Carpenter foi totalmente foi um dos piores na pista: cansei de ler o nome dele aqui envolvido em algum incidente...

Ateh!

20 de abril de 2009 22:41

Postar um comentário

Gostou do Blog da Fórmula Indy?
Deixe seu comentário e ajude a incentivar a Autosfera Brasileira!
I am Indy!