Diário de um Piloto Virtual: Sorte no Jogo e Azar..... no Jogo também

domingo, 22 de março de 2009

Olá amigos da velocidade, olá amigos da Fórmula Indy.

Tenho aqui um mega post com o Diário de um Piloto Virtual bem recheado, foram 5 corridas em uma semana, então vamo que vamo que tenho bastante coisa pra contar.

Bom primeiro vou começar com a parte ruim da semana.

No domingo passado tive a estréia da temporada oficial da Fórmula Indy, no oval de Michigan. Agora com o carro com a pintura oficial da minha equipe, a Thunderbolt:


Bom, para essa corrida resolvi me arriscar com meu novo volante, um Momo da marca Logitech, mesmo ele dando defeito. A principio pensei que seriam apenas no Rfactor, mas logo descobri que não tava restrito a ele.... No qualify eu sabia que tinha um bom carro e saí para marcar o tempo (eu sempre não marco para largar do fundo e ir ganhando as posições nos erros dos outros pilotos), mas fiz uma ótima 7ª posição entre 26 pilotos.

Veio a largada, acho que demos umas 20 voltas e chegava a hora do pit..... E o volante me deixa na mão.... Ele estava descalibrando sozinho no meio do uso, e de repente..... o bicho me vira pra direita sozinho.... na primeira vez ainda continuei na corrida, mas veio outra... e outra. Resultado: abandonei a corrida para não prejudicar ninguém e terminei na 24ª posição.

E hoje foi a segunda etapa, em Watkins Glen. Já sabendo do problema do volante, fui de joystick mesmo. Como não sou bom de mistos, resolvi não fazer o qualy e larguei em 22º entre 24 carros.
Esta corrida seria um tanto problemática já desde o início porque, fora do grid lá nos bastidores, eu pedi demissão da Administração do Campeonato. Já estava ficando estressado demais em tentar domar as personalidades mais variadas de pilotos e isso já estava começando a me prejudicar na vida real, fora que de qualquer jeito eu iria sair no meio do ano, então adiantei e fui para esta última corrida na Administração.

Durante a corrida, acidentes dos mais diversos, muito bate boca.... eu larguei lá no fundo e vinha numa ótima corrida, a estratégia de largar no fundo estava dando certo e na metade da corrida eu já estava em 7º lugar. Mas por um erro infantil meu acabei estourando meu motor. Fui dar passagem para um dos líderes me dar uma volta na entrada da reta de Watkins, ali a gente entra na reta em 2ª marcha. Quando fui olhar no retrovisor para ver onde o cara estava engatei a 1ª em vez da 3ª marcha.... e o motor foi pro espaço.... Terminei na 18ª posição.


Se minhas corridas na Indy não foram boas, pior ainda foi na Nascar Cup Series, em que usaria (conjuguei o verbo no tempo certo... ) este carro, um Dodge Charger da Thunderbolt.


A abertura do campeonato foi em Daytona. Mas nessa categoria tinha um diferencial. Com o grande número de pilotos, que o server não aguentava, fizeram um esquema de Q1 e Q2. No Q1 só passariam os 26 melhores para aí sim no Q2 determinar as posições de largada. Pois bem, de joystick fui tão mal que fiquei em 30º entre 33 pilotos. Pra mim essa foi a gota d'água, eu já não tinha conseguido me adaptar aos carros da Nascar (cup e truck series) então optei por abandonar estes campeonatos. No simulador Nascar 2003, correi só o campeonato de Fórmula Indy.

Agora vem a parte boa da semana, até pra minha surpresa eu fui relativamente bom nas categorias em que corro no Rfactor (Fórmula Nippon e SpeedSeries GT). Primeiro foi a Nippon, na terça feira passada a abertura do campeonato foi feito no Circuito de Sepang, na Malásia, e lá corro com este carro da equipe Supertex.


Sepang é uma pista bem chata, sinceramente, não gosto dela. O traçado mistura curvas de alta, grampos e duas enormes retas. No rfactor o buraco é "mais embaixo" estamos muito mais próximos de um final de semana de corrida real que no Nascar 2003. Passado o Pratice fomos para o Qualify onde o piloto pode dar 2 voltas lançadas. A diferença é que no Nascar você faz as voltas sozinho na pista e no Rfactor não, você faz igual a F1 atual, todos na pista. Eu e meu companheiro esperamos faltar 6 minutos para o fim do Qualify, para pegar a pista mais vazia. E eu consegui uma ótima 9º posição entre 17 carros.

Na corrida, a minha primeira oficial no Rfactor, consegui andar bem e cometer poucos erros. Cheguei a brigar pela 7ª posição mas acabei terminando na 9ª posição mesmo.

E o gran finale desta semana de 5 corridas foi com a SpeedSeries GT, categoria de carros Turismo semelhante a GT3. Nela eu piloto uma Ferrar F575 da equipe Supertex também.

A abertura da temporada foi em A1 Ring, na Áustria. Mas nesta etapa o regulamento prega uma boa supresa para todos. Não há qualify e o grid é o resultado da corrida anterior invertido, mas apenas entre os que completaram a prova. Os que terminaram, largam na mesma posição, então larguei na 15º posição.

Lembram que eu jah citei que eu não me adaptava a carros Turismo? Pois bem, nesta categoria estou indo muito bem com esta Ferrari. Na minha melhor corrida até aki, cheguei a andar em 2º lugar quando os líderes foram para os pits e na volta do meu pit estava em 5º lugar. Mas pequenos erros, e algumas empacadas nas britas, me jogaram para o 7º lugar, que não deixa de ser um ótimo resultado.


Essa foi minha semana de velocidade com 5 corridas em 7 dias. E eu tenho uma supresa. Entrei num campeonato que utiliza um mod F1 1979. Neste correrei às terças feiras alternadas com a Fórmula Nippon. Na verdade não correrei todas as etapas, serei algo como aqueles pilotos que revezam os carros sacam? rs

Nele pilotarei a Ferrari nº 12, que foi de Gilles Villeneuve:


Já foi a etapa de abertura, em Buenos Aires. A segunda etapa será em Kyalami, na África do Sul já nesta terça feira. Mas acho que não terei tempo de pegar o carro e treinar com ele, então dificilmente irei correr.

Bom é isso pessoal, um post grande sobre o as últimas corridas e aproveitei para atualizar as imagens dos carros que utilizarei em cada campeonato.

Até mais.

Comments

3 Responses to “Diário de um Piloto Virtual: Sorte no Jogo e Azar..... no Jogo também”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

Ron Groo disse...

Agora tu não escapa, vou te por no mesmo time do Rubinho e do Coulthard...
Mais sorte nas próximas.

23 de março de 2009 15:55

po vendo as fotos do seus carros, dá até vontade de jogar... se eu tivesse um tempo eu poderia te mostrar que sou um digno discípulo de Nigel Mansell!rs

23 de março de 2009 19:34
Felipão disse...

Essa do volante foi danadoooo... Melhor sorte, Paulo...

23 de março de 2009 20:45

Postar um comentário

Gostou do Blog da Fórmula Indy?
Deixe seu comentário e ajude a incentivar a Autosfera Brasileira!
I am Indy!