Giro de Notícias - Um pouco mais de Silly Season

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Olá amigos da velocidade, olá amigos da Fórmula Indy.

Mais alguns cockipts já estão certos para a temporada 2009. A maior novidade é que Raphael Mattos, 27 anos e atual campeão da Indy Lights, assinou com a equipe Luczo-Dragon e substituirá Tomas Scheckter.

A equipe é chefiada por Jay Penske, filho de Roger Penske, e correu em 6 provas desta temporada. Em 2009 estará presente em todas as 18 etapas.

“Com certeza, esse é o principal passo que dou em minha vida profissional. Batalhei muito e sempre esperei chegar na F-Indy, assim como a Luczo Dragon, que é uma nova e promissora organização” disse Raphael.

Antes da Indy Lights, Raphael disputou temporadas na Skip Barber, Fórmula Mazda, Fórmula Dogde e Fórmula Atlantic.

"É um importante dia para a nossa equipe, não só por falarmos em disputar toda a temporada 2009, mas também por anunciarmos um jovem piloto que já provou que pode ser campeão em qualquer tipo de corrida. Ele está pronto para a F-Indy", comentou Jay Penske.

Raphael mostrou sem muito competitivo na sua recente conquista na Indy Lights (ele fez cinco pole positions, venceu três vezes e chegou em oito ocasições no top 5 correndo pela equipe AFS, ligada à Andretti Green) e realmente parece merecer um lugar na Indy. Ele já estava cotado para pilotar um 5º carro da Andretti Green nas 500 milhas de Indianápolis. Mas isso, na opinião de Mattos seria muito difícil. "Quando Tony assinou seu acordo de cinco anos, senti que seria difícil adicionar um quinto carro da maneira que as coisas estavam correndo. Eles são muito focados nos quatro carros. Seria muito duro acrescentar um quinto. Certamente, entenderam meu lado, e ainda tenho um relacionamento muito bom com eles. Obviamente, deixei a equipe em bons termos, porque vencemos um campeonato juntos", afirmou.

Só espero que tenha melhor sorte que Jaime Câmara, que também despontou na Lights, mas só conseguiu uma vaga na Conquest, onde não conseguiu bons resultados pela deficiência técnica da equipe.

Outro piloto que está contente é Ryan Briscoe. Após ganhar a etapa de Le Petit Le Mans na ALMS, o piloto comemora o fato de voltar a pilotar em sua terra natal, Austrália. Nascido em Sidney, mas radicado na Europa, Briscoe fez quase todas as etapas da escola européia sendo, inclusive, piloto de testes da Toyota na F1. Ao perceber que não teria chances, partiu para os EUA para correr na ALMS e assim despertar a atenção de donos de equipe na Indy. Antes da Penske, Briscoe correu pela Ganassi.

Com a reunificação das “Indy’s”, Briscoe correrá em Surfers Paradise, após 6 anos pilotando fora do país. “Eu realmente corri muito pouco na Austrália. Depois que saí do kart, só disputei uma preliminar do GP da Fórmula 1 em 2002 e a prova da F-Mundial em 2006 (pela RuSPORT). Então, será ótimo voltar. Passarei alguns dias com minha família e será uma ótima chance para me preparar antes temporada de 2009 da IRL”, disse o piloto.

Agora uma notícia um pouco mais bombástica. Paul Tracy estaria processando a equipe Forsythe, por quebra de contrato, já que a equipe não disputou a atual temporada, o que deixou Tracy a pé.

Seu contrato iria até 2011e o dono da equipe, Gerald Forsythe, não teria pago a multa recisória. Tracy estaria pedindo uma indenização de 2,3 milhões de dólares. Essa notícia praticamente acaba com os rumores que colocavam Tracy na Forsythe, caso ela volte para a Indy.

Até mais.


Comments

2 Responses to “Giro de Notícias - Um pouco mais de Silly Season”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

Felipão disse...

Xiiiiiiii

Mas o Paul Tracy tá certo...

10 de outubro de 2008 18:44

é isso aí,quebra o paul Mesmo Tracy!Esse cara faz falta na Indy,no ano que vem ele tem que estar lá!

11 de outubro de 2008 00:37

Postar um comentário

Gostou do Blog da Fórmula Indy?
Deixe seu comentário e ajude a incentivar a Autosfera Brasileira!
I am Indy!