Hélio fatura o GP de Sonoma e quebra o jejum.

domingo, 24 de agosto de 2008


Olá amigos da velocidade, olá amigos da Fórmula Indy.

Demorou, mas finalmente chegou a vitória de Hélio Castroneves nesta temporada. E não poderia ser em um fim de semana mais emblemático. Após o incêndio que destruiu os carros e grande parte dos equipamentos da equipe Penske, Hélio pilotou como se nada tivesse acontecido. Impressionante, se lembramos que a equipe teve menos de 2 dias para configurar os carros reservas para a pista de Sonoma sendo que eles possuíam configuração de circuito oval.

Voltando a prova, desta vez aconteceu tudo o que a Penske planejou e queria que acontecesse. Poucas bandeiras amarelas, Hélio com um carro extremamente rápido, Briscoe atuando como um grande escudeiro (segurou Dixon por várias voltas, honestamente sem golpes sujos). A estratégia que a Penske adotou foi fundamental para a vitória, mesmo que após a primeira parada nos boxes, Hélio tenha ficado no meio do pelotão, lá pela 14ª posição, o que ele mesmo achou estranho e ficar um pouco nervoso com isso. A sorte sorriu para outro piloto em Sonoma.

Para Dixon, nada deu certo. Apesar de no início acompanhar de perto os carros da Penske e após a primeira parada nos boxes voltar em 3º, hoje não era o dia de Dixon. A Ganassi não conseguiu um acerto tão bom para seu carro e, após a segunda parada, Dixon caiu para o meio do pelotão, de onde não mais conseguiu sair e terminou apenas na 12ª posição, o que reduziu a diferença para Hélio Castroneves para 43 pontos. Como estão em jogo mais de 100 pontos nas 2 últimas provas, Hélio ainda mantém as esperanças.

Tony Kanaan terminou em 3º, em mais uma prova onde ele demonstrou toda sua experiência e habilidade em guiar um carro que escapava de frente a todo momento. Estratégia correta, sem arriscar muito, uma verdadeira corrida de mineiro, sempre comendo quieto e chegando a liderar nas paradas de Hélio, resumindo: um ótimo resultado para Tony.

Destaque também para Dan Wheldon, Danica Patrick e Vítor Meira. Eles largaram, respectivamente em 16º, 9º e 18º, adotaram uma tática diferente, parando na primeira e única bandeira amarela, no início da prova, quando Marty Roth (sempre ele....) rodou sozinho. Com isso, eles terminaram em boas colocações: Wheldon em 4º, Danica em 5º e Vítor em 8º.

Embora o circuito seja de difícil ultrapassagem, a prova foi agradável (ao contrário do GP de Valência da F1, também disputado hoje, monótono que só). Até quando as provas são chatas, a Indy possui suas emoções.

E nada melhor do que ver Hélio comemorar uma vitória (após longo jejum de 29 corridas - a última vitória foi em St. Petersburg em abril do ano passado), com sua marca registrada, a escalada nos alambrados no maior estilo "Homem-Aranha". Mas como em Sonoma não existem alambrados iguais aos circuitos ovais, Hélio improvisou: escalou a pequena grade atrás dos boxes e foi comemorar junto com a galera da arquibancada. Esse é o Hélio.... rss

A próxima prova, o GP de Detroid será já no próximo domingo (31/08) e, por enquanto, terá transmissão apenas no Bandsports (maldita TV BANDida). Assim que eu tiver notícias sobre a abertura da transmissão nos canais livres eu informarei a todos.

Até mais.

Resultado final da prova:

Classificação do campeonato após 15 etapas:



Comments

5 Responses to “Hélio fatura o GP de Sonoma e quebra o jejum.”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

Felipão disse...

Em um primeiro momento, lembrei do incêndio nos carros. Aliás, fiquei sabendo desse motivo por aqui mesmo...

Go Helio, Go

25 de agosto de 2008 07:32
luciana disse...

Adorei a corrida devido ao ótimo resultado do Helinho! Fiquei muito feliz com a vitória dele e com 5º lugar da Danica. Ela se saiu super bem nessa corrida difícil. Espero que os dois continuem no mesmo embalo para a próxima corrida. Go Helino!! Go Danica!!!

25 de agosto de 2008 09:59
Felipão disse...

Reação incrível do Roger Penske...

Foi inevitável lembrar da história que tinha lido aqui no blog...

Tomara que continuem com o belo trabalho... sem incêndios dessa vez...

25 de agosto de 2008 19:44
Paulo Maeda ™ disse...

Nem me fale, Felipão.

Quando eu soube dakela notícia fiquei chocado, e não sei se vc chegou a ver na transmissão, mostraram algumas fotos de que sobrou depois do incêndio, era uma situação desesperadora. Acho q essa recuperação pode entrar para a história como uma das mais incríveis que já aconteceram.

26 de agosto de 2008 07:59
Fábio Andrade disse...

Assiti a corrida quase toda, e cheguei a temer pela vitória do Hélio na hora da bandeira amarela. Mas a estratégia da equipe foi bem pensada e acabou dando Helinho depois de 29 corrida de jejum (se não me engano).

Aliás o fds foi brazuca. Castroneves na Indy, di Grassi na GP2 e Massa na F-1!

26 de agosto de 2008 12:19

Postar um comentário

Gostou do Blog da Fórmula Indy?
Deixe seu comentário e ajude a incentivar a Autosfera Brasileira!
I am Indy!