Dixon vence o GP de Edmonton

domingo, 27 de julho de 2008


Na prova realizada no sábado (26/07), Scott Dixon, da Ganassi, parece ter ratificado a impressão que todos já tinham: que o título da temporada será dele.


Numa das provas mais movimentadas da temporada ele venceu o GP de Edmonton, 13ª etapa da IRL, e aumentou a vantagem para o segundo colocado no campeonato, Hélio Castroneves, que também foi o segundo colocado na prova. Agora a vantagem é de 65 pontos, com 4 provas até o final da temporada.


Na pista de Edmonton, com suas enormes retas para decolagem e aterrisagem de aviões no aeroporto, a primeira coisa que ficou clara é que as ondulações seriam um grande desafio para os engenheiros e pilotos. Não é a toa que no início da prova Graham Rahal e Mário Moraes tiveram suspensões traseiras danificadas ao passar em desníveis e buracos, tendo que voltar aos pits para repará-las e perder muito tempo.


Outro fator que dificultava ainda mais a prova era o fato da pista ser extremamente plana, sem referências físicas para os pilotos se basearem e procurar fazer a melhor tangência nas curvas. Isso rendeu alguns erros, como a de Ryan Briscoe no início da prova, o que facilitou para Helio Castroneves assumir a ponta logo no início.

Erros que renderam algumas bandeiras amarelas. Estas, geralmente, não são tão influentes em corridas em circuitos mistos (são importantíssimas em ovais) mas dessa vez elas ditaram o rumo da prova.


Primeiro na escapada que Vítor Meira na 18ª volta, logo em seguida quase todos os pilotos foram para o pit. Uma das exceções foi Tony Kanaan, que largou em último por ter trocado o motor (teve um problema nos treinos livres). Junto dele Marco Andretti também permaneceu na pista.


Mais a frente, em outra bandeira amarela, esta provocada por um pneu que se soltou do carro de Jaime Câmara, Tony Kanaan fez seu pit e Marco Andretti continuou na pista, com Hélio em segundo e Dixon já em terceiro.

Marco Andretti parou em bandeira verde e caiu para a 20º posição e deu a prova o duelo tão esperado: Hélio x Dixon.


O brasileiro demonstrava ter um carro superior, abrindo quase 9 segundos de vantagem para Dixon. Mas uma nova bandeira amarela aconteceu, no acidente de Towsend Bell.


Nova rodada de pits e nesse momento uma nova polêmica pode ter dado início. Os pits em Edmonton são estreitos e o da Penske fica atrás do pit da Ganassi.


Nesta parada, a equipe Penske acusa a equipe Ganassi de ter deixado um pneu fora da área de seu pit e que este atrapalhou a saída de Hélio.


Com esta polêmica a ser apurada, Dixon saiu na frente de Hélio. O líder era Kanaan, que faria seu pit algumas voltas depois. Após a parada de Kanaan, Dixon assumiu a ponta com Hélio em segundo, sempre a menos de 0,5 segundos dele.


Havia o temor de Dixon, Hélio e outros pilotos não terem combustível suficiente para ir até o final da corrida. Mas isso não se confirmou.


Hélio não conseguiu ter nenhuma chance de ultrapassagem e, para piorar a situação, cometeu um erro na curva 1, que lhe custou 5 segundos de desvantagem para Dixon e acabou definitivamente com suas chances de vitória.


A prova teve seu final no tempo de 2 horas e garantiu a 7ª vitória da Ganassi em 13 corridas realizadas nesta temporada. Justin Wilson, da Newman-Hass completou o pódio.


Tony Kanaan terminou em 9º, após grande esforço na prova. Danica Patrick terminou em 18º lugar, prejudica por um toque dado por seu companheiro de equipe, Marco Andretti, no final da prova. Toque que pode gerar uma crise na equipe Andretti-Green.


Os demais brasileiros não foram bem. Embora Bruno Junqueira e Enrique Bernoldi tenham andado entre os Top 10 por um bom tempo, terminaram em 14º e 16º respectivamente. Vitor Meira terminou em 19º, Mário Moraes em 20º e Jaime Câmara em 23º.


Agora, pilotos e equipes terão uma semana de folga, após a maratona de 6 fins de semanas seguidos com provas. A próxima prova será no dia 09/08 no GP do Kentucky.



Classificação após a prova




Classificação do Campeonato após 13 etapas



fonte das imagens: http://ultimosegundo.ig.com.br/paginas/grandepremio/materias/493501-494000/493644/493644_1.html



Comments

No response to “Dixon vence o GP de Edmonton”
Post a Comment | Postar comentários (Atom)

Postar um comentário

Gostou do Blog da Fórmula Indy?
Deixe seu comentário e ajude a incentivar a Autosfera Brasileira!
I am Indy!